Precisamos de sua ajuda para manter nossas atividades.
Atualmente, além das inúmeras despesas fixas, são também centenas de metas, projetos e desafios a conquistar que dependem de sua colaboração direta. Escolha abaixo como pode nos ajudar:

Ação voluntária

Atue junto aos núcleos, participe de cursos, panfletagens, manifestações e divulgue a doutrina para outras pessoas.
Ação voluntária
OU

Contribuição financeira

Ajude a manter nossos projetos. Para colaborações financeiras, escolha aqui a opção mais adequada a você: boleto ou depósito.
Colabore



Nota de pesar pelo falecimento de Nilza Perez

É com profundo pesar que vos comunicamos a notícia de que, no último dia 12 de agosto, entregou sua alma a Deus nossa companheira Nair Nilza Perez de Rezende, ou, simplesmente, Nilza Perez, como se tornou mais conhecida.

Escritora, jurista, jornalista e advogada militante, Nilza Perez, que nasceu em Leopoldina, Minas Gerais, a 02 de janeiro de 1919, se mudando aos quinze anos para o Rio de Janeiro, onde aderiu ao Integralismo, ingressando na Ação Integralista Brasileira, pertenceu à Câmara dos Quatrocentos, órgão consultivo que reunia expressivas figuras do Movimento do Sigma. Em 2005, o documentário O soldado de Deus, de Sérgio Sanz, exibiu magníficos trechos de um depoimento em que Nilza falou a respeito do Integralismo e de sua trajetória neste Movimento, a cuja Doutrina se manteve fiel até o fim de sua passagem pela terra.

A primeira advogada trabalhista do Rio de Janeiro e a primeira mulher a fazer uma sustentação oral no Supremo Tribunal Federal, Nilza Perez, por sua intensa atividade como advogada trabalhista, foi agraciada com a medalha da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho, no grau de Comendador, pelo Tribunal Superior do Trabalho, e com a medalha da Ordem do Mérito do Trabalho, no grau de Cavaleiro, pela Presidência da República.

Uma das grandes mulheres do Integralismo, ou, se preferirdes, das mulheres de mil do Movimento Sigmático, Nilza Perez, heroica paladina dos nobres valores cristãos, patrióticos e nacionalistas no sentido sadio e edificador do vocábulo “nacionalismo”, continua viva em nossos corações e em seu legado. E permanecerá como um exemplo a todas as mulheres esta grande brasileira que lutou pela dignidade da mulher, sem cair nos erros de tantas “feministas” inimigas da Tradição e da Família, mas, ao contrário, erguendo bem alto o facho dos valores perenes sintetizados pela divisa “Deus, Pátria e Família”.

Nilza Perez! Presente!
 

Victor Emanuel Vilela Barbuy,
Presidente Nacional da Frente Integralista Brasileira.
São Paulo, 18 de agosto de 2011 - LXXVIII. 


23/08/2011, 16:37:46



Nota de pesar pelo falecimento de Nilza Perez | - Integralismo | Frente Integralista Brasileira ..