Precisamos de sua ajuda para manter nossas atividades.
Atualmente, além das inúmeras despesas fixas, são também centenas de metas, projetos e desafios a conquistar que dependem de sua colaboração direta. Escolha abaixo como pode nos ajudar:

Ação voluntária

Atue junto aos núcleos, participe de cursos, panfletagens, manifestações e divulgue a doutrina para outras pessoas.
Ação voluntária
OU

Contribuição financeira

Ajude a manter nossos projetos. Para colaborações financeiras, escolha aqui a opção mais adequada a você: boleto ou depósito.
Colabore



Eleições Municipais: Orientação Integralista

Novas Eleições, desta vez Municipais, aproximam-se, razão pela qual o Secretario Nacional de Expansão e Organização da Frente Integralista Brasileira, o Companheiro Eduardo Ferraz, julgou oportuno que trouxesse – como já fiz em outras oportunidades – uma Orientação sobre o Voto Integralista.

O Movimento Integralista é a parcela mais esclarecida da Opinião Pública Brasileira. Cada Integralista ao dirigir-se à Urna Eletrônica tem perfeita consciência que seu Voto não é meramente quantitativo, mas, também e principalmente qualitativo. Todo Integralista sabe que seu Voto é um instrumento precioso. O Voto é como diz o Chefe Nacional Plínio Salgado, a “Arma do Integralista”, de fundamental importância para a nossa Revolução, que é unicamente realizada dentro da ordem legal vigente. Assim, nenhum Integralista pode fazer coro com a campanha anarquista e anarquizadora do Voto Nulo, nem pode furtar-se a exercer o seu Direito de Votar.

Ora, diante do quadro eleitoral, aquelas tradicionais questões surgem em nosso espírito: Como votar? Em quem votar? Para responder adequadamente a estas que devem ser as dúvidas de muitos Companheiros faço as seguintes ponderações.

O Integralismo, como todos os Camisas Verdes o sabem, tem como um de seus alicerces primordiais o “Princípio da Intangibilidade da Pessoa Humana”. Tal intocabilidade é extensiva às Projeções do Homem no espaço, no tempo e na Eternidade, isto é, a Propriedade e os Grupos Naturais (a Família, o Município, o Grupo Profissional, o Grupo Político, o Grupo Cultural, a Nação e a Sociedade Religiosa). O Integralismo não reconhece como legítimo nenhum ato, proceda de onde proceder, que atente contra a integridade física, intelectual e moral da Pessoa Humana e de suas Projeções.

Um Direito Humano absolutamente necessário para que a Intangibilidade seja uma realidade é o DIREITO À VIDA. Assim, o Integralismo defende intransigentemente a Vida desde a Concepção, posicionando-se de forma radical contra o abortamento. O Poder Econômico há décadas vem desenvolvendo um vasto projeto mundial de controle demográfico visando descartar-se de bilhões de seres humanos – já nascidos e por nascer -, que se tornaram desnecessários ao Capitalismo. Desde o simplório mito da “explosão demográfica” até campanhas milionárias pró-aborto justificadas por um suposto direito da mulher de decidir se quer ou não ter aquele filho, sem falar na banalização do homossexualismo, etc., o liberalismo econômico vai conduzindo esta Humanidade até a imposição de um Estado Totalitário Mundial, ideologicamente “socialista e igualitário”, mas, de fato, conduzido por uns poucos indivíduos e grupos de indivíduos que controlarão a Economia planetária. Diante do exposto, fica claro que o Integralismo não poderia deixar de defender a Liberdade, a autêntica Liberdade Humana em face deste coletivismo totalitário que vem sendo construído paulatinamente, com pertinácia diabólica, desde o século passado.

Consequentemente, apontamos aos Integralistas – como o já fizemos em Orientações Eleitorais anteriores – o seguinte critério:

1º) Votar naqueles Candidatos que já demonstraram de forma cabal e insofismável que sustentam o Direito à Vida desde o nascimento; e,

2°) Não votar em Candidatos socialistas e comunistas.

Antecipando a objeção dos eternos críticos de plantão, de que as Eleições são Municipais, e este tema do aborto e correlatos é da esfera dos Legisladores Federais, dou como exemplo de que se pode fazer e fazer muito em prol da Vida desde a Concepção, o notável trabalho do Professor Hermes Nery em São Bento do Sapucaí, o primeiro Município Pró-Vida de todo o Brasil. Para nós Integralistas esta Vitória do Prof. Hermes é ainda mais simbolicamente significativa, pois, foi concretizada na Terra Natal do Chefe Nacional Plínio Salgado. Portanto, também ao nível dos executivos e legislativos municipais pode-se trabalhar pelo Direito à Vida e contra o abortamento.

Graças ao levantamento feito por Companheiros do Acre, Bahia, Brasília, Ceará, Goiás, Rio de Janeiro e São Paulo podemos sugerir os seguintes nomes ao Sufrágio dos Integralistas:

HERMES NERY: PREFEITO - SÃO BENTO DO SAPUCAI (SP) - 31 PHS

DR TALMIR: PREFEITO - PRESIDENTE PRUDENTE (SP) - 43 PV

HENRIQUE AFONSO: PREFEITO - CRUZEIRO DO SUL (AC) - 43 PV

MORONI TORGAN: PREFEITO - FORTALEZA (CE) - 25 DEM

BETH MELO: VICE-PREFEITA - PETROPOLIS (RJ) - 12 PDT

CEL PAES DE LIRA: VEREADOR - SÃO PAULO (SP) - 25045 DEM

CELSO CARVALHO: VEREADOR - NOVO GAMA (GO) - 15123 PMDB

WILSON LEITE PASSOS:VEREADOR - RIO DE JANEIRO (RJ) - 11611PP

LUIS BASSUMA: VEREADOR - SALVADOR (BA) - 15333 PMDB

RODOLFO VALENTE: VEREADOR - CIDADE OCIDENTAL (GO) - 55100 PSD

DÓRIS HIPÓLITO: VEREADORA - NILOPOLIS (RJ) - 70777 PT do B

LEANDRO PANDA: VEREADOR - VOLTA REDONDA (RJ) - 20121 PSC

ERIC GOTTMANN: VEREADOR - CAMPINAS (SP) - 55757 PSD

EDUARDO THOMAZ: VEREADOR - MAIRINQUE (SP) - 11123 PP

FÁTIMA LEITE: VEREADORA - FORTALEZA (CE) - 28123 PRTB

Evidentemente, os Companheiros que não encontrarem na relação acima Candidatos das suas Cidades deverão examinar nos seus respectivos Municípios àqueles  que estejam de acordo com esta Orientação, não só votando nos mesmos, mas, na medida do possível, divulgando-os.

Finalizando, insisto que o essencial desta Orientação, isto é, a defesa da Vida e o combate ao socialismo, ao comunismo e ao capitalismo, está inteiramente baseado na Doutrina do Integralismo. Se algum Integralista tiver objeções, então, é hora de reavaliar sua adesão ao nosso Movimento, pois, o Integralismo não pode ser recebido parcialmente, ou se o aceita na sua totalidade Doutrinária e Histórica ou não se é Integralista verdadeiramente.

Pelo Bem do Brasil!
Anauê!


Sérgio de Vasconcellos
Secretário Nacional de Doutrina e Estudos da Frente Integralista Brasileira

 


24/08/2012, 11:48:52



Eleições Municipais: Orientação Integralista | - Integralismo | Frente Integralista Brasileira ..