Precisamos de sua ajuda para manter nossas atividades.
Atualmente, além das inúmeras despesas fixas, são também centenas de metas, projetos e desafios a conquistar que dependem de sua colaboração direta. Escolha abaixo como pode nos ajudar:

Ação voluntária

Atue junto aos núcleos, participe de cursos, panfletagens, manifestações e divulgue a doutrina para outras pessoas.
Ação voluntária
OU

Contribuição financeira

Ajude a manter nossos projetos. Para colaborações financeiras, escolha aqui a opção mais adequada a você: boleto ou depósito.
Colabore



Nota de repúdio às chamadas paradas gays e aos atos blasfemos

A Frente Integralista Brasileira (FIB) repudia totalmente as chamadas paradas “gays” que têm ocorrido em todo o País, assim como os atos blasfemos e sacrílegos que nelas têm sido perpetrados, que incluem o uso de imagens sacras e a própria paródia da crucificação de Cristo, ocorrida em São Paulo no último dia 07 de junho, em claro desrespeito à Fé da esmagadora maioria do povo brasileiro e sob o signo da qual nasceu e se desenvolveu a nossa Terra de Santa Cruz. Tais atos ofendem profundamente a Deus, Nosso Senhor, sendo, pois, contrários à Lei Divina e à Lei Eterna de que esta deriva, assim como ofendem a todos aqueles que merecem se ufanar do glorioso nome de cristão, e são, ainda, crimes segundo a Lei Positiva, pois, de acordo com o caput do artigo 208 do Código Penal Brasileiro, é crime escarnecer de alguém publicamente em virtude de crença ou função religiosa, assim como vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso.

Além do chamado crime de desrespeito ao sentimento religioso, previsto no supracitado dispositivo legal, as denominadas paradas “gays”, vergonhosamente financiadas com dinheiro público, têm sido palco de diversos outros crimes. Nestas abomináveis manifestações, com efeito, o tráfico e o consumo de drogas correm soltos e são praticados abusos sexuais, roubos, furtos, lesões corporais e até mesmo homicídios, que os militantes “gays” mentirosamente costumam atribuir à chamada “homofobia”.
 
Isto posto, cumpre ressaltar que ainda que os mencionados crimes não fossem praticados nas chamadas paradas “gays”, estas jamais deveriam ser permitidas e muito menos apoiadas e financiadas pelo denominado Poder Público, uma vez que fazem apologia da pederastia, prática contrária à Lei Natural e também à Lei Divina e à Lei Eterna, de que estas derivam, se constituindo num pecado abominável, que brada aos Céus e clama a Deus por vingança.
 
A esvaziada parada gay realizada em São Paulo, em 2015, demonstra o quanto a sociedade repudia este tipo de evento, ainda que a imprensa e alguns setores afirmem o contrário.
 
Encerramos estas linhas conclamando todo o povo brasileiro a se unir em defesa de Cristo e das sagradas tradições cristãs do nosso Brasil e contra tudo que se lhes opõe, incluindo, evidentemente, as chamadas paradas “gays” e os atos sacrílegos e blasfemos nelas praticados.
 
Conosco vencerá ou morrerá um grande Império!
 
Por Cristo e pela Nação!
 
 
Victor Emanuel Vilela Barbuy,
Presidente Nacional da Frente Integralista Brasileira,
São Paulo, 20 de junho de 2015- LXXXII.

21/06/2015, 11:48:48



Nota de repúdio às chamadas paradas gays e aos atos blasfemos | - Integralismo | Frente Integralista Brasileira ..