Precisamos de sua ajuda para manter nossas atividades.
Atualmente, além das inúmeras despesas fixas, são também centenas de metas, projetos e desafios a conquistar que dependem de sua colaboração direta. Escolha abaixo como pode nos ajudar:

Ação voluntária

Atue junto aos núcleos, participe de cursos, panfletagens, manifestações e divulgue a doutrina para outras pessoas.
Ação voluntária
OU

Contribuição financeira

Ajude a manter nossos projetos. Para colaborações financeiras, escolha aqui a opção mais adequada a você: boleto ou depósito.
Colabore



A Economia Integralista

A Economia Integralista reconhece a Propriedade e Inciativa Particulares, porém, apontando-lhes os seus justos limites.

No Integralismo, o Trabalho não será uma mercadoria submetida às famigeradas leis da oferta e da procura.

A Moeda no Estado Integralista também deixará de ser uma mercadoria, assumindo plenamente seu papel de intermediário entre as trocas, instrumento de cálculo e padrão de medida. Sepultando-se assim a especulação financeira.

O Estado Integral intervirá na Economia. Mas, é preciso ficar claro que não se trata do mesmo tipo de intervenção que se dá no regime burguês, onde o Estado interfere para beneficiar indivíduos e grupos de indivíduos. A intervenção Integralista só ocorrerá quando for necessário e sempre no sentido de atender ao Bem-Comum.

A Economia Integralista, portanto, rejeita tanto o capitalismo, como o socialismo.


Sérgio de Vasconcellos,

Secretário Nacional de Doutrina e Estudos da Frente Integralista Brasileira


(Retirado do livro Integralismo: Um novo paradigma, São Paulo, Agbook, 2014, p. 138).

 

Mais sobre este tema: O Estado Integral e a Economia


04/07/2015, 21:45:03



A Economia Integralista | - Integralismo | Frente Integralista Brasileira ..