Precisamos de sua ajuda para manter nossas atividades.
Atualmente, além das inúmeras despesas fixas, são também centenas de metas, projetos e desafios a conquistar que dependem de sua colaboração direta. Escolha abaixo como pode nos ajudar:

Ação voluntária

Atue junto aos núcleos, participe de cursos, panfletagens, manifestações e divulgue a doutrina para outras pessoas.
Ação voluntária
OU

Contribuição financeira

Ajude a manter nossos projetos. Para colaborações financeiras, escolha aqui a opção mais adequada a você: boleto ou depósito.
Colabore



Diário Nacional

As opiniões expressas nos textos e comentários aqui postados  não representam  opiniões da Frente Integralista Brasileira; a responsabilidade é de seus respectivos autores.


José Guiomard dos Santos, construtor da autonomia acreana

Neste dia 06 de agosto, em que nós Acreanos comemoramos os 116 anos do início da Revolução Acreana, não quero fazer homenagens a personagens de nossa História que já conhecemos de forma ampla, mesmo sabendo que muitos tombaram de forma gloriosa, tingindo a estrela altaneira com seu púrpuro sangue, nem aos homens que iniciaram a Revolução. Quero, sim, fazer uma menção honrosa a um ilustre militar que, mesmo não sendo filho legitimo de nossa terra (por não ter nascido aqui), muito lutou para fazer concretizar o sonho de Galvez e Plácido de Castro de fazer com que nossa terra hoje pertencesse, na condição de Estado, a este vasto Império.

José Guiomard dos Santos, que em sua juventude fez parte da Ação Integralista Brasileira, a que podemos chamar de o ''maior movimento de doutrina cívica nacionalista das Américas” e se manteve sempre fiel aos princípios integralistas, foi o responsável por dar impulso ao Movimento Autonomista, que tinha como objetivo elevar o até então território do Acre à categoria de Estado, finalizando a patriótica luta iniciada no final do século XIX com a vinda dos migrantes, oriundos do Nordeste, e que passa pela proclamação da Republica Acreana por Luis Galvez e Plácido de Castro, heróis pátrios que lutavam contra o internacionalismo representado pelo Bolivian Syndicate. Foi ele, ainda, quando Deputado Federal, o autor da Proposta de Lei que elevaria o Território do Acre à categoria de Estado.

O Coronel do Exército boliviano Isaac Vasquez e membros do governo do Departamento Pando entregam no Palácio Rio Branco uma medalha de ouro ao governador do Acre, Major Guiomard dos Santos.

Além de Deputado Federal pelo Acre, cargo que ocupou entre os anos de 1951 e 1953, José Guiomard dos Santos, que era natural de Perdigão, Minas Gerais, foi Governador do Território do Acre em 1950 e Senador por este Estado de 1963 até sua morte, em 1983.

Fecho estas linhas fazendo minhas as palavras do poeta e jurista Paulista Victor Emanuel Vilela Barbuy em que este, encerrando seu artigo em homenagem ao ilustre Dr. Enéas Carneiro, conclama todos os brasileiros a lutar, como nós e os heróis acreanos, “pela restauração da Ordem e da Grandeza do nosso Brasil e pela edificação, nesta Terra de Santa Cruz, da maior e mais nobre Civilização que o Mundo jamais viu”.

 

Ronan Matos (acadêmico de História na Universidade Federal do Acre e membro da Frente Integralista Brasileira).

 

 

 


06/08/2018, 23:01:31



José Guiomard dos Santos, construtor da autonomia acreana | - Integralismo | Frente Integralista Brasileira ..