O Centro de Estudos sócio-cultural Paraense e pré-núcleo da Frente Integralista Brasileira (FIB), tem a sua história iniciada ainda em dezembro de 2019 como um pequeno grupo de debates acerca da Doutrina do Sigma. Após um hiato de 4 meses, o pequeno grupo quintuplicou de tamanho. Com membros das mais diversas classes sociais, ocupações e etnias, porém com um interesse em comum, estudar e conhecer o integralismo e suas propostas transformadoras. Nosso pré-núcleo paraense passou por grande evoluções até chegar na sua atual forma, todas embasadas em princípios de representatividade e respeito com as mais diversas opiniões que habitam entre nós.

É importante ressaltar que formações de Centro de Estudos sócio-culturais são formações que antecedem a formalização de Núcleo na Frente Integralista Brasileira. Durante este período os participantes se organizam e comprovam sua capacidade de agir com franqueza e lealdade. Uma vez sejam comprovadas as capacidades, realiza-se a cerimonia que marca a transição do Grupo  ao patamar de Núcleo. Embora todos os núcleos da Frente Integralista Brasileira tenham um Grupo de Estudos internos, não necessariamente o Centro de Estudos Sócio-Cultural se torna Núcleo da FIB, esta é uma opção dos participantes que passarão por uma avaliação da Instituição caso votem pela elevação a Núcleo da sua atividade.

A Frente Integralista Brasileira apoia iniciativas voltadas ao estudo do integralismo, todavia, essas iniciativas não constituem, antes da passagem a categoria de núcleo, qualquer compromisso institucional com os frequentadores da iniciativa.

Recentemente ocorreu eleição interna que estabeleceu a nova diretoria que ficou disposta da seguinte maneira: Matheus Ferreira (Presidente), Rebecca Fernandes (Vice-Presidente), Augusto Silva (Tesoureiro), Caio Rodrigues (Secretário de Expansão e Filiação e consultor político) e Luis Pantoja (Secretário de Estudos e Doutrina).

Uma vez ocorrida a cerimonia de posse do Centro de Estudos Sócio-Cultural, o novo corpo administrativo do pré-núcleo manteve cordiais relações com a diretoria da Frente Integralista Brasileira e já constrói ações, como os cursos gratuitos de auxílio social e acadêmico para todas as pessoas interessadas (Filosofia, História, tutoria para o ENEM e Introdução ao Integralismo), além de iniciar levantamentos para a execução de novos projetos e ações voltadas para a caridade aos mais necessitados e para a difusão da doutrina de Plínio Salgado na Amazônia. Com o fim da quarentena para a maioria das pessoas em nosso Estado, as ações presenciais de divulgação da causa integral e de serviços comunitários serão postas em prática pelos membros do núcleo, haja vista que o voluntariado já está devidamente formado e a ação para mudança é um ato necessário em nossos tempos de crise e pandemia.

LEIA TAMBÉM  Algumas palavras na posse da nova Diretoria da FIB

Nós, representantes do pré-núcleo integralista do Pará, em nome dos nossos companheiros de luta, temos a seguinte mensagem aos compatriotas de cada pedaço desta terra abençoada por Cristo que é o Brasil: companheiros, por mais que o cenário atual seja de luto e, ao mesmo tempo de luta pela nação e seu povo, não se deixem dar por vencidos. Lutem e sobrevivam pelo Brasil, pelas nossas famílias e, principalmente, por Deus. Lutemos por cada irmão e irmã que se encontra na necessidade, na falta de dignidade humana. Lutemos contra os maus políticos que corrompem o país. Lutemos contra as práticas imorais que corrompem a sociedade. Lutemos por nós, o povo brasileiro.

Brasão produzida pela equipe de comunicação do grupo.

 

Hoje não há mais tempo para divisão político-partidária, luta de classes e nem espaço para o individualismo materialista. Hoje somos um só, em cada brasileiro movido pelo sentimento de pertencimento a sua comunidade. O  Integralismo e o amor pelos seus irmãos de pátria são a solução para muitos dos males que nos atingem hoje. Haja vista que são o aprofundamento da consciência das nossas necessidades, do caráter, das tendências, das aspirações da nação e do valor de um povo. Oremos a Deus para que livre o Brasil e o mundo dessa terrível doença e que nos ajude na nossa solene missão de tornar o Integralismo o movimento que, mais uma vez, tentará dar ao Brasil um presente e futuro dignos aos seus filhos.

Portanto, a diretoria do Centro de Estudos Paraenses e seus muito estimados membros desejam, nesta carta aberta, reafirmar a lealdade para com a Doutrina de Plínio Salgado e seu voto de confiança e mútua cooperação com a Frente Integralista Brasileira para a luta contra os inimigos que ousaram se levantar contra a nação brasileira e seus filhos, não importando o quão longe estejam. Além disso, gostaríamos de agradecer o espaço cedido pela FIB e pelo apoio prestado até então ao nosso pré-núcleo. O momento de agora exige fé, e com essa crença, estaremos todos juntos nessa luta para a construção de um mundo melhor, não só para nós, mas para aqueles que herdarão a realidade e sociedade que construirmos, façamos isso da maneira correta – é nosso dever, nossa responsabilidade.

 

Custos vigilat

Última atualização deste conteúdo em

X