Ocorreu no dia 12 de julho, a primeira reunião presencial do centro sócio-cultural integralista na cidade de Baraúna. O Integralismo, que antes fora erguido nas grandes cidades potiguares e liderado por Câmara Cascudo, rebrilha agora num rincão potiguar interior e pacato. 

É importante ressaltar que formações de Centro de Estudos sócio-culturais são formações que antecedem a formalização de Núcleo na Frente Integralista Brasileira. Durante este período os participantes se organizam e comprovam sua capacidade de agir com franqueza e lealdade. Uma vez sejam comprovadas as capacidades, realiza-se a cerimonia que marca a transição do Grupo ao patamar de Núcleo. Embora todos os núcleos da Frente Integralista Brasileira tenham um Grupo de Estudos interno, não necessariamente um Centro de Estudos Sócio-Cultural se torna Núcleo da FIB, esta é uma opção dos participantes que passarão por uma avaliação da Instituição caso votem pela elevação a Núcleo da sua atividade.

A Frente Integralista Brasileira apoia iniciativas voltadas ao estudo do integralismo, todavia, essas iniciativas não constituem, antes da passagem a categoria de núcleo, qualquer compromisso institucional com os frequentadores da iniciativa.

O representante do grupo, Jonas de Mesquita, diz: “É com muito orgulho que vejo minha cidadezinha, ingênua e introvertida, mostrar-se firme na história nacional e regional, que agora se concretiza e que um dia será contada nas escolas”.

Era cerca de 15h17m quando a reunião começou; Começaram com uma palestra sobre a doutrina integralista em seus aspectos históricos e doutrinários e, após a aula, houve um momento para se tirar dúvidas e falar sobre a cidadezinha.

LEIA TAMBÉM  Lançado novo Portal Nacional

Última atualização deste conteúdo em

X