Ocorreu em São Paulo, no dia 14 de março de 2020, a cerimônia de posse da nova diretoria da Frente Integralista Brasileira (FIB). O evento, cheio de simbolismo, marcou o início de uma nova gestão e fase da organização.

A cerimônia, ocorrida no Hotel Bienal Suites, oficializou a transmissão dos cargos eleitos ao novo corpo administrativo da FIB. Os nomes foram eleitos pelo Conselho Diretivo Nacional (CDN/FIB) para a gestão de 2020-2023.

Para estar apto a concorrer a um cargo na instituição é preciso ter comprovados serviços no Movimento Integralista, conduta Ilibada e bom conhecimento da Doutrina, além de capacidades correlatas ao exercício da função a ocupar.

Foram preenchidos os seguintes cargos:

Presidente de Honra: Gumercindo Rocha Dorea;
Presidente Nacional: Moisés J. Lima;
Vice-Presidente Nacional: Allan Danilo de Assis.
Secretário Geral: Lucas P. Carvalho;
Suplente de Secretário Geral: Matheus Batista;
Diretor Administrativo Nacional: Carlos E. Ferraz;
Secretário Nacional de Assuntos Jurídicos: Victor E. Vilela Barbuy;
Tesoureiro Nacional: Paulo Henrique N. Duarte Sales;
Conselho Fiscal: Breno Costa, Ronan Matos e Alexandre Diniz;

 

Cerimonial

A cerimônia teve abertura por volta das 09h00, após uma palestra proferida pelo então Presidente Nacional Victor E. Vilela Barbuy. Com a entoação do Hino Nacional na forma tradicional integralista: com o braço estendido para o Céu.

Assumiu a Presidência Nacional da FIB, o companheiro Moises J. Lima, membro veterano da Frente Integralista Brasileira, estudioso de filosofia e reconhecido principalmente por priorizar a ação de militância. A primeira ação, logo após sua posse, foi chamar à frente do salão aqueles que seriam empossados, conduzindo pessoalmente e de modo individual o juramente de cada qual.

Cada um dos empossados comprometeu-se com o juramento de lealdade ao movimento, com a mão direita sobre a Bíblia (embaixo da qual se encontrava uma bandeira do Sigma dobrada), e a esquerda erguida com três dedos levantados, (simbolizando a Trindade de Deus e o lema integralista: Deus, Pátria e Família), foram proferidas palavras com as quais cada um dos eleitos, selou sua missão.

Durante a reunião também foi anunciado que o Sr. Gumercindo Rocha Dorea, veterano do Movimento, criador das Edições GRD e ex-Presidente da Confederação dos Centros Culturais da Juventude (CCCJ) e ex-Vice-Presidente da FIB, foi escolhido para ser Presidente de Honra da Frente Integralista Brasileira.

A cerimônia, ocorrida no Hotel Bienal Suites, oficializou a transmissão dos cargos eleitos ao novo corpo administrativo da Frente Integralista Brasileira. De pé, o Companheiro Moisés J. Lima, Presidente Nacional do movimento.

 

Pronunciamentos

Uma vez encerrados os juramentos o novo Presidente Nacional, Sr. Moises J. Lima, proferiu enérgicas e acaloradas palavras aos companheiros de todo Brasil e na sequência passou a palavra ao Sr. Lucas P. Carvalho, novo Secretário Geral, que proferiu breve fala salientando a importância da ação na história do movimento.

LEIA TAMBÉM  Um brado contra o racismo: Manifesto 13 de Maio!

O companheiro Lucas P. Carvalho, em sua fala, prestou homenagem destacando um ano de falecimento do Companheiro José Batista de Carvalho, falecido aos 95 anos, e que foi por diversas vezes presidente da Casa de Plínio Salgado. José Batista de Carvalho teve longa e rica trajetória ao lado do Chefe Perpétuo do Integralismo, Plínio Salgado, tendo participado das campanhas eleitorais e das várias organizações criadas para difundir a Doutrina do Sigma.

Em seguida, se pronunciou o companheiro Carlos. E. Ferraz, novo Diretor Administrativo Nacional, que esclareceu a natureza administrativa da nova gestão, ressaltando a importância de priorizar projetos que fortifiquem politicamente e economicamente a organização. Chamou todos os companheiros a se inscreverem nas atividades paralisadas, desenvolvidas e nas demais já planejadas para os próximos meses.

Após os pronunciamentos, foi encerrada oficialmente a cerimônia de posse dos cargos eletivos com a entonação do Hino “Avante”, hino integralista desde 1932.

 

Palestras

Seguiram-se palestras de companheiros da FIB e convidados, das quais vale destacar também duas belas mensagens lidas após o encerramento da cerimônia de posse: a mensagem e benção do Padre Giovanni Pereira que destacou em sua mensagem o fato de o integralismo não ser uma força relativista ou fundamentalista, que fia-se no “Deus feito homem que se deu a conhecer” e continua, ressaltando que “não seriamos nacionalistas se não propuséssemos tal verdade. O nacionalista brasileiro deve ser um cristão enraizado na história da Terra de Santa Cruz. Sua vida deve irradiar a doçura do amor evangélico, a resignação e a busca pela justiça”.

Palestra profunda foi proferida pelo companheiro Matheus Batista. Com o título de “O caminho para tempos novos”, a palestra fez uma análise das condições políticas de hoje, dos agentes que se apresentam como “salvadores da pátria” e qual o papel que cabe ao integralismo na nova conjuntura.

Também falou Fernando Zanardo, que rendeu homenagem e incentivo a atuação dos integralistas e fez votos de um futuro promissor para o movimento. Igualmente falou o companheiro Paulo Sales, que em breve porém excelente discurso, ressaltou que não podia de maneira alguma deixar de lutar pelo Integralismo, “único movimento político genuinamente nacional e também o único que é capaz de frear, através da primazia do Espírito, o avanço materialista que assola o nosso país”.

Por fim, o ciclo de palestras terminou com a fala do ex-presidente nacional, Victor Emanuel Vilela Barbuy, atual Secretário Nacional de Assuntos Jurídicos, que tratou do período de sua gestão e teceu considerações importantes para o futuro do movimento.

 

Nova Offensiva

Última atualização deste conteúdo em

X